Campanha contra o EaD na Enfermagem

Nada substitui a presença Nada substitui a presença

Uma campanha em favor da qualidade do ensino, contra o EaD na graduação e na formação de técnicos em Enfermagem.

#PRESENÇA
TRANSFORMA

Não é possível formar profissionais a distância na Enfermagem

Nada substitui a presença. O Ministério da Educação está abrindo cada vez mais espaço para a proliferação de cursos de educação a distância, nas categorias graduação e formação técnica. O Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem, preocupado com esse crescimento desordenado, lança a campanha contra o ensino a distância na Enfermagem, em defesa do serviço prestado em centenas de instituições de saúde e da qualidade de vida de milhões de brasileiros. Precisamos nos unir! A sociedade e os profissionais da área da saúde, juntos, podem mudar essa realidade.

ASSINE AGORA

Sua participação é muito importante!

COMPARTILHE ESTA CAUSA

5863

PESSOAS JÁ ASSINARAM

POR QUE

somos contra a formação a distância?

O Cofen tem como missão garantir assistência de Enfermagem à população livre de riscos, imperícia, negligência, imprudência e, por isso, entende que:

Conhecimentos teórico-práticos e habilidades relacionais são indispensáveis para exercer a Enfermagem e não podem ser ensinados a distância.

Na educação EaD, o profissional não tem o contato mínimo necessário para cuidar da clientela.

Polos de apoio presencial em municípios onde não existem leitos hospitalares e sem aprendizagem de assistência de Enfermagem de alta complexidade em pacientes em estado crítico.

Cursos são ministrados sem a presença do professor facilitador ao aluno para desenvolver alternativas de melhoria da qualidade da assistência.

É urgente garantir a segurança do paciente, especialmente com relação ao uso de medicamentos intravenosos. Do contrário, há graves riscos à saúde do paciente.

Haverá aumento de processos éticos e o egresso desses cursos será vítima de um processo falho, tanto quanto o paciente.

A falta de controle pelo Ministério da Educação dos polos de apoio presenciais (Portaria Normativa Nº 11/2017) agrava o problema.

Instituições que selecionam profissionais despreparados estão colocando em risco a saúde de milhões de pessoas em todo o país.

Profissionais de Enfermagem que se formam em cursos a distância chegam ao mercado de trabalho sem o preparo necessário para manusear instrumentos e realizar os diversos e complexos procedimentos que a profissão exige.

Os cursos EaD de graduação e formação técnica em enfermagem podem parecer, em um primeiro momento, mais acessíveis aos estudantes. No entanto, podem trazer sérios problemas para essas pessoas que buscam aprimorar seus estudos e ter uma profissão, podendo encontrar dificuldades de se alocar no mercado de trabalho.

QUEM APOIA

Aspas

Sem esta formação mais abrangente, estaremos expondo a população ao risco de erros, danos, imperícias, imprudência ou negligências. Infelizmente, nós estamos passando por um momento ruim e precisamos repensar a profissão em saúde no nosso país.

Como autor do PL 2891/2015, a partir do qual buscamos vedar a oferta de curso EaD destinados à formação de profissionais de Enfermagem, sigo na luta pela sua aprovação. Minha referência para isso são os estudos produzidos pelo COFEN que revelam que essa modalidade de curso não dá conta de suprir as necessidades dos profissionais para o exercício da profissão. A garantia de bons serviços prestados na área da saúde, fundamental à vida das pessoas, se inicia com uma boa formação dos/as profissionais.

Uma das principais lutas do Cofen é pela qualidade do ensino em Enfermagem, para que tenhamos profissionais capacitados e comprometidos com a assistência. Não aprovamos e não aceitamos cursos que limitam os alunos de conhecer, na prática, os procedimentos que um profissional precisa saber para a sua rotina diária de trabalho. Nossa posição é de defesa dos cursos presenciais, e que tenham qualidade e respeito como base da formação. A Enfermagem cuida de vidas. E vidas não podem ser cuidadas pela internet. O cuidado exige contato, presença, olho no olho. E é isso que defendemos para a nossa profissão. Participe conosco dessa luta, deixe seu nome em nosso abaixo-assinado. Vamos mostrar para os políticos que estamos defendendo a maior categoria da saúde, categoria que sabe o valor de uma vida e a responsabilidade de como cuidar dela.

Precisamos mostrar o que queremos e lutar para que os avanços alcançados na saúde não regridam. A saúde é direito de todos, não é uma mercadoria.

É impossível pensarmos que a Enfermagem, em que a prática e a integração entre profissional e paciente são essenciais, possa ser ensinada a distância. Sem isso, de que forma se conseguirá a qualidade e a segurança na assistência que a população tanto precisa? É por este motivo que precisamos debater essa situação com a sociedade.

Existe um consenso entre as entidades representativas das profissões de saúde de que a graduação a distância dos cursos da área de saúde pode impactar em uma formação inadequada, sem a integração necessária que o acadêmico precisa ter, com o ensino e comunidade.

Cuidado em saúde exige prática. E prática não se adquire a distância.

Não se trata de revogar o papel das tecnologias e das inovações tecnológicas, mas defendemos seu uso adequado, não como está acontecendo atualmente. A formação a distância para estes profissionais não é apropriada e pode comprometer de forma brutal a qualidade do atendimento prestado no país.

Não estamos totalmente contra os cursos a distância, essa modalidade é boa, estamos apenas dizendo que para os profissionais da saúde não é uma prática favorável. Em outras áreas, o ensino a distância pode ser usado.

[Desejamos] que a educação seja segura e evite que o futuro profissional vivencie dilema ético em decorrência de uma formação deficiente.

Dorisdaia Humerez

Dorisdaia Humerez

Cofen

Orlando Silva

Orlando Silva

Deputado Federal (PCdoB-SP)

Manoel Neri

Manoel Neri

Presidente do Cofen

Ronald dos Santos

Ronald dos Santos

Presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS)

Helga Regina Bresciani

Helga Regina Bresciani

Coren-SC

Alice Portugal

Alice Portugal

Deputada Federal (PCdoB-BA)

Zilamar Costa

Zilamar Costa

Conselho Federal de Farmácia (CFF)

Ana Paula Lima

Ana Paula Lima

Deputada Estadual (PT-SC)

Paulo Siufi

Paulo Siufi

Deputada Estadual (PMDB-MS)

Sebastião Duarte

Sebastião Duarte

Coren-MS